Consulta na Gravidez

Consulta na Gravidez - Saúde Oral na Grávida

Durante a gravidez, a mulher sofre grandes alterações hormonais com efeitos na cavidade oral. As gengivas podem sangrar facilmente e pequenas cáries podem evoluir devido ao maior número de refeições e à acidez da saliva (vómitos). O primeiro passo para garantir uma boa saúde oral durante a gravidez passa por realizar um “check-up” antes de engravidar e efetuar todos os tratamentos dentários que sejam necessários. Estão ainda indicadas consultas de Higiene Oral de 3 em 3 meses. Quando surge algum tipo de patologia oral, cáries, abcessos dentários, gengivite (hemorragia das gengivas) e/ou periodontite, a grávida deve ser avaliada por um Médico Dentista de forma a decidir qual o tratamento indicado, de acordo com a fase da gravidez.

A consulta de Saúde Oral na Gravidez tem também como objetivo informar a grávida sobre os cuidados que deve ter com a higiene oral, alimentação e futuros hábitos do recém-nascido.

De forma a poder manter uma boa saúde oral durante a gravidez, a clínica dentária CMO Clinic desenvolveu um programa de Prevenção da Saúde Oral na Grávida, de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral.


Perguntas Frequentes

  • Consulta na Gravidez   Consulta na Gravidez   Consulta na Gravidez   Consulta na Gravidez
  • A gravidez enfraquece os dentes e por isso há maior risco para a doença cárie?
    Consulta na Gravidez

    Não. Durante a gestação pode haver agravamento das condições da má saúde oral, mas por si só a gravidez não aumenta a incidência de cárie dentária.

  • Durante a gravidez os dentes enfraquecem porque há perda de cálcio para o bebé?
    Consulta na Gravidez

    Não. O cálcio está presente nos dentes da mãe, de forma estável e cristalina, não sendo disponível para a circulação sistémica. A gravidez não propicia aumento de incidência de cárie dentária.

  • Deve-se tomar flúor durante a gravidez?
    Consulta na Gravidez

    Atualmente o uso de flúor em comprimidos não está recomendado nas grávidas. Estudos científicos mostram que o flúor que passa da mãe para o bebé é mínimo e não tem influência na dentição da criança. A mãe deve usar uma pasta fluoretada e em caso de elevado índice de cáries pode ainda usar um elixir com flúor.

  • É normal sangrar das gengivas durante a gravidez?
    Consulta na Gravidez

    É frequente que durante a gravidez as gengivas sangrem com maior facilidade, devido a alterações hormonais que ocorrem durante esta fase. Deve ser feita a remoção de tártaro e placa bacteriana em consultório dentário e fazer uma boa higiene oral.

  • Uma mulher grávida pode fazer qualquer tipo de tratamento dentário?
    Consulta na Gravidez

    Sim. Mesmo que necessite de anestesia. Uma infecção oral é mais prejudicial para o bebé do que o tratamento dentário. O ideal seria fazer consulta de medicina dentária antes da gravidez a fim de evitar infecções orais durante este período. As consultas devem ser de curta duração preferencialmente de manhã, sendo mais indicado o segundo trimestre da gestação.

    No caso de ser necessário uma intervenção do Médico Dentista em qualquer altura da gravidez, há procedimentos e medicamentos que se encontram devidamente comprovados pela evidência científica como sendo seguros. Existem inclusivamente determinados tipos de anestesia que são seguras quer para a mãe, quer para o feto, e que podem ser utilizadas sem risco para ambos.

  • A que nível pode a higiene oral da grávida influenciar a saúde do bebé?
    Consulta na Gravidez

    A higiene oral é a mais eficaz medida preventiva para evitar infecções da cavidade oral. A mãe pode infectar o bebé por meio de microrganismos provenientes de doenças infecciosas como a cárie dentária e doenças periodontais.

  • A mãe pode transmitir a cárie dentária ao seu filho?
    Consulta na Gravidez

    Sim, pode. Não só a mãe poderá transmitir, mas também as pessoas que cuidam do bebé nos primeiros anos de vida, como os avós, amas, entre outros. Isto porque, através de alguns comportamentos, como provar ou soprar a comida com a colher do bebé ou colocar a chupeta na boca da mãe para a limpar, vão transmitir bactérias da boca da mãe para o seu filho.


Poderá também interessar-lhe:

Menu Title