Implantologia Oral

Implantologia Oral

Descrição

Os implantes dentários, por alguns chamados de 3ª dentição, são capazes de substituir os dentes perdidos por meio de técnicas cirúrgicas cada vez menos invasivas.

Um dente natural é constituído por uma coroa e uma raiz. A coroa é a porção do dente que pode ser vista acima da gengiva e a raiz encontra-se dentro do osso, abaixo da gengiva. Os implantes dentários são “parafusos” em titânio puro desenvolvidos para substituir as raízes dos dentes perdidos, existindo em vários tamanhos e formatos, sendo colocados no osso maxilar ou mandibular. Oferecem uma solução segura e permanente para a substituição de um ou mais dentes, funcionando como pilares de suporte para coroas unitárias e pontes fixas ou removíveis, parciais ou totais.

Implantologia Oral


Os implantes dentários podem ser realizados em qualquer idade (desde que terminado o período de crescimento) e apresentam uma taxa de sucesso bastante elevada, na ordem dos 98% quando realizados na clínica dentária CMO Clinic.

As principais vantagens dos implantes dentários são permitirem repor os dentes perdidos sem interferirem com a integridade dos dentes naturais adjacentes e, após a colocação da prótese, o paciente não notar diferença entre os seus dentes naturais e os implantes. Pode voltar a sorrir e falar sem qualquer constrangimento e comer todos os alimentos de que gosta sem dificuldade.

Em implantologia, como nas restantes áreas médicas, a técnica e destreza do profissional aumentam a taxa de êxito do tratamento realizado; é por isto que na clínica dentária CMO Clinic só contamos com especialistas altamente qualificados e com grande coordenação para podermos garantir aos nossos pacientes o melhor tratamento multidisciplinar.

VÍDEO DEMONSTRATIVO

Implante Dentário


ETAPAS

A colocação dos implantes dentários é feita em 3 fases:

  1. Planeamento: recolha de dados, planeamento e orçamento;
  2. Fase Cirúrgica: inserção do implante propriamente dito;
  3. Fase Protética: colocação da coroa (dente) sobre o implante.

A reabilitação oral com implantes começa com o planeamento. Na primeira consulta, é avaliado o seu estado de saúde geral, identificando-se a presença de patologias que possam interferir com o tratamento. Procede-se igualmente a um cuidadoso exame das estruturas orais, sendo avaliados não só os seus dentes, mas também as zonas desdentadas (nomeadamente no que diz respeito à quantidade e qualidade da estrutura óssea existente), a saúde gengival e todos os factores que possam ser relevantes para o seu tratamento. Poderá ser necessário a realização de exames radiográficos convencionais, registos fotográficos e impressões para obtenção de modelos de estudo e confecção de coroas provisórias. Nalguns casos, poderão ser pedidos exames complementares como uma tomografia computorizada (TC) ou análises clínicas, entre outros. Em Medicina Dentária existem quase sempre várias opções de tratamento pelo que iremos aconselha-lo sobre todas as possibilidades adequadas ao seu caso específico, para que possa decidir de uma forma consciente e informada.

A fase cirúrgica e a fase protética podem ambas ser realizadas numa mesma sessão clínica (chamada de carga imediata) quando a estética do paciente se encontra comprometida ou, de forma deferida, depois de decorrido um certo tempo (geralmente entre 2 a 6 meses dependendo do caso clínico).

Após a colocação da reabilitação implanto-suportada (prótese) é fundamental estabelecer um programa de visitas periódicas à clínica dentária CMO Clinic para manutenção. O prognóstico a médio e longo prazo da reabilitação com implantes está directamente relacionado com os cuidados de higiene oral. Uma higiene oral deficiente poderá comprometer o sucesso da reabilitação.

Perguntas Frequentes

  • Implantologia Oral   Implantologia Oral   Implantologia Oral   Implantologia Oral
  • É dolorosa a colocação de implantes dentários?
    Implantologia Oral

    A colocação de implantes dentários é feita com anestesia local, pelo que, no momento da colocação não irá notar nada.

    Nalgumas ocasiões, é normal que no pós-operatório note algum desconforto local ligeiro, normalmente nada que não consiga aguentar ou que não ceda com a toma de um simples analgésico. A nossa experiência diz-nos que a colocação de um implante não incomoda mais do que a realização de outro qualquer tratamento dentário como restaurar um dentes ou realizar uma endodontia.

  • O que são implantes osteointegrados?
    Implantologia Oral

    Os implantes dentários osteointegrados são os implantes dentários mais frequentemente utilizados e os que apresentam maior sucesso. Chama-se osteointegração ao processo através pelo qual o implante forma uma união biológica saudável e estável com o osso. A osteointegração completa de um implante dentário pode demorar entre 3 e 6 meses, altura em que é colocada a restauração definitiva. Se por alguma razão não se der a osteointegração o implante falha.

  • Pode haver rejeição dos implantes?
    Implantologia Oral

    Não. Os implantes dentários são feitos de titânio, que é um material biocompatível, pelo que o organismo os reconhece como sendo parte dele próprio. O que pode sim acontecer é que exista alguma falha na osteointegração do implante (união do osso ao implante) provocando a perda desse implante. Se isto ocorrer (o que sucede em menos de 3% dos casos) não significa que o seu corpo tenha rejeitado o implante. Pode voltar a colocar-se um novo implante no mesmo local, passado algum tempo, sem que volte a suceder uma falha na osteointegração.

  • E se o meu osso for muito fino?
    Implantologia Oral

    Quando perdemos um dente o osso em seu redor (osso alveolar) tende, com o passar do tempo, a ser reabsorvido e “mirrar” o que pode dificultar a colocação de implantes. Há alguns anos era difícil colocar implantes dentários em pacientes onde o osso era demasiado fino. Actualmente, graças aos avanços tecnológicos, não existe contra-indicação cirúrgica para a colocação de implantes nestes casos. A realização de uma radiografia tridimensional (tomografia) permite avaliar a quantidade de osso disponível, com uma precisão de décimas de milímetro, possibilitando a escolha do implante mais adequado em diâmetro e comprimento. Adicionalmente, e onde for necessário podemos também regenerar osso com recurso a distintas técnicas de regeneração óssea guiada.

  • Devo deixar de fumar?
    Implantologia Oral

    Sabemos hoje que fumar é particularmente prejudicial para o sucesso a prazo desta intervenção. O tabaco diminui a vascularização do osso e da gengiva, atrasa o processo de cicatrização e aumentando o risco de infecções. Deve deixar de fumar antes de se submeter a qualquer intervenção cirúrgica, incluindo a colocação de implantes. Adicionalmente, a literatura científica mostra que os implantes em pacientes que fumam, sobretudo fumadores severos, apresentam uma menor taxa de sucesso.

  • Como saber se os implantes dentários estão indicados no meu caso?
    Implantologia Oral

    Para saber se os implantes dentários estão indicados no seu caso é necessário uma avaliação prévia com um dos clínicos da clínica dentária CMO Clinic. Nesta consulta iremos cuidadosamente avaliar o estado de saúde dos seus dentes e das suas gengivas, assim como determinar a quantidade e densidade do osso disponível. Poderá ser necessário a realização de radiografias e uma tomografia computorizada para garantir a existência de estrutura óssea adequada à colocação do implante e determinar onde exactamente deverá o implante ser colocado.

    Com base nas condições dos seus tecidos orais, da sua higiene oral, dos seus hábitos pessoais e da sua capacidade em cumprir com as instruções pós-tratamento, iremos aconselha-lo sobre qual o tratamento implantológico mais apropriado. Alguns pacientes com osso ou tecido gengival insuficiente poderão necessitar de procedimentos adicionais.

  • Os implantes dentários são sempre a melhor solução quando faltam dentes?
    Implantologia Oral

    Os implantes dentários devem ser entendidos como mais uma alternativa de tratamento para substituir dentes perdidos. Mas existem outras opções, tais como próteses removíveis ou fixas. Contudo, os implantes dentários constituem geralmente a opção terapêutica que permite uma reabilitação oral que mais se aproxima com a dentição natural em termos fisiológicos e de conforto.

  • Os implantes dentários podem ser colocados em qualquer altura ou situação?
    Implantologia Oral

    A colocação de implantes dentários, com o objectivo de substituir dentes perdidos, pode ser realizada em qualquer altura após a adolescência ou quando o osso termine o seu crescimento.

    Algumas condições médicas, como diabetes activa, cancro ou doença periodontal activa poderão requerer tratamento adicional antes de se poder proceder à colocação de implantes dentários.

  • Quanto tempo dura um implante dentário?
    Implantologia Oral

    Da mesma forma que ninguém pode prever com exactidão o tempo de duração de um dente natural, a duração de um implante é muito variável e depende sobretudo dos cuidados de manutenção. Uma higiene oral adequada e visitas regulares ao Médico Dentista, garantem um bom prognóstico em termos de longevidade dos implantes. Existem casos bem documentados de implantes colocados há mais de 40 anos que continuam em função.

  • As consultas de Higiene Oral e Medicina Dentária Preventiva podem ajudar no sucesso dos meus implantes?
    Implantologia Oral

    A higiene oral é tão importante em dentes como em implantes. As bactérias têm a capacidade de se acumular em torno dos implantes e levar ao aparecimento de infecções que podem comprometer a sua reabilitação. Assim, os implantes necessitam de uma cuidadosa higiene profissional e conservação para assegurar a sua durabilidade e funcionamento a longo prazo.

  • Qual é a frequência adequada para as consultas de Higiene Oral e Medicina Dentária Preventiva?
    Implantologia Oral

    A periodicidade das consultas de Higiene Oral e Medicina Dentária Preventiva deve ser de entre 3 a 6 meses, dependendo do nível de higiene oral conseguido em casa pelo paciente. No caso de reabilitações orais suportadas por implantes a sua periodicidade varia consoante a dimensão e o tipo de reabilitação.

  • A colocação de implantes dentários é um procedimento caro? Quanto?
    Implantologia Oral

    A técnica que usamos na clínica dentária CMO Clinic é uma técnica sofisticada que requer treino cuidadoso e ampla experiência clínica. A colocação de implantes osteointegrados requer ainda um ambiente cirúrgico estéril e instrumentos de precisão. A marca comercial do implante utilizado influência também de forma significativa o custo final de um implante osteointegrado. Tal como no mercado automóvel, também em implantologia existem diferentes marcas e gamas de implantes dentários (alguns chegam a custarem 8 vezes mais que os seus concorrentes).

    Os implantes dentários e restantes componentes protéticos que utilizamos na clinica dentária CMO Clinic representam a mais alta tecnologia existente no momento neste campo.

    O custo de um implante dentário unitário na clínica dentária CMO Clinic é de 495 euros. Contudo o custo final poderá oscilar dependendo do número de dentes ausentes, do tipo e do número de implantes necessários e do tipo de restauração colocada.

    Lembramos que dispomos de financiamento à medida.


OS NOSSOS TRATAMENTOS EM IMPLANTOLOGIA:

Menu Title